Sistema CAD/CAM eleva a Odontologia Estética 

Nunca ouvimos falar tanto de Odontologia Digital como hoje em dia. Isto se deve principalmente à introdução do sistema CAD/CAM nos consultórios odontológicos. Vale ressaltar que se trata de abreviaturas em inglês que correspondem a “desenho assistido por computador” e “manufatura assistida por computador”. Ou seja, o que antes era feito analogicamente, com as próprias mãos, agora os cirurgiões-dentistas têm o auxílio de um computador que torna seu trabalho muito mais preciso, racional e eficiente – além de reduzir perdas de tempo e materiais por erros humanos.

De acordo com o cirurgião-dentista Anderson Bernal, que falará sobre “a praticidade do CAD/CAM” no dia 3/2, das 10h às 11h30, durante do 35º CIOSP (Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo), o acesso a esse tipo de tecnologia é útil para realizar desde uma simples restauração até casos mais complexos que envolvem implantes e próteses. “A experiência é o melhor professor. Obviamente, a integração total da tecnologia depende fortemente do treinamento em equipe. Estar a par dos protocolos clínicos, como posicionamento adequado do paciente e utilização dos equipamentos, também contribui consideravelmente para maximizar os resultados. O agendamento eficiente também é otimizado. Ou seja, aos poucos, a tecnologia vai se transformando em uma ferramenta para melhorar as opções do paciente em termos estéticos, sendo bastante eficiente também para aumentar a rentabilidade e a produtividade da clínica odontológica”.

Bernal explica que a tecnologia CAD/CAM permite fazer a preparação e a restauração em uma única e rápida sessão – o que é mais conveniente para o paciente e para o cirurgião-dentista. “Além de ter uma equipe bem treinada, é importante também educar o paciente sobre essa nova tecnologia. Isto porque, com os devidos cuidados, esse tipo de restauração terá longa duração. A qualidade estética dos materiais já está bem documentada. Ainda assim, costumamos explicar didaticamente a diferença entre uma restauração de amálgama, compósito e CAD/CAM, discutindo as vantagens de cada uma – lembrando que a nova tecnologia ajuda a manter a estrutura dentária máxima, contribuindo para a força do dente”. Outras vantagens, de acordo com o especialista, incluem restaurações de uma só visita, sem impressões, sem temporários, com ajuste personalizado e resultado final em um material esteticamente agradável, na cor do dente natural.


Fonte: Blog do 35º CIOSP

DEIXE UMA RESPOSTA