Toxina botulínica e preenchimento facial

Toxina botulínica

Promovido pela APCD (Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas), o 2º Simpósio de Toxina Botulínica e Preenchimento Facial acontece no próximo dia 29 de julho, das 9h às 17h30, na sede da instituição.

O simpósio atende às expectativas de um número crescente de cirurgiões-dentistas e estudantes que desejam acompanhar os avanços da Odontologia, principalmente no que se refere ao uso da toxina botulínica e dos preenchedores faciais. Sendo assim, serão apresentados fundamentos, conceitos, indicações e características de cada uma dessas substâncias, sempre apontando para resultados práticos.

De acordo com um dos palestrantes, Luciano Artioli, esse tipo de avanço está impulsionando a Odontologia a um novo patamar. “Seja para restituir o volume facial perdido por doenças ou problemas nos dentes, seja para tratar casos de sorriso gengival, esses materiais, já utilizados por outras especialidades médicas, têm sido essenciais no resultado final de inúmeros tratamentos odontológicos. Com discernimento e bastante treino, os cirurgiões-dentistas devem incorporá-los rapidamente aos recursos terapêuticos utilizados na rotina profissional”.

Artioli explica que a toxina botulínica, por exemplo, vem sendo empregada com sucesso para tratar bruxismo, além de aliviar ou ainda eliminar dores orofaciais. “Além de ser uma opção terapêutica não-invasiva e reversível, o uso da toxina botulínica pode ser indicado no tratamento do bruxismo infantil, proporcionando eficiência e conforto às crianças de um modo que a Odontologia não era capaz de proporcionar antes de utilizar esses materiais”.

Sobre o uso dos preenchedores orofaciais pelos cirurgiões-dentistas, Artioli afirma que substâncias como o ácido hialurônico, por exemplo, já são bastante conhecidas da população em geral por atenuarem o processo de envelhecimento, reduzindo vincos e rugas. “Na Odontologia, esses produtos restabelecem volumes perdidos, sendo empregados com frequência para adequar a anatomia e a sustentação labial, atenuar sulcos e devolver volume em casos de retração da papila interdentária. Isso proporciona melhores condições funcionais e estéticas, especialmente para pacientes portadores de vários tipos de próteses, e também depois de extrações dentárias”.

Para mais informações sobre o evento, basta acessar http://www.apcd.org.br/botulinica.


Fonte: APCD

DEIXE UMA RESPOSTA