Nova Coordenação de Saúde Bucal

saúde bucal

A nova Coordenadora-Geral de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, a cirurgiã-dentista Patrícia Lima Ferraz, assume o posto na próxima segunda-feira, dia 15 de agosto.

De acordo com a profissional de saúde bucal, entre as primeiras medidas está a criação de uma agenda de visitas pelo país.

A ideia é conhecer de perto a realidade de todos os cantos do Brasil, uma vez que cada região tem suas especificidades. “É para poder conhecer as ações que são realizadas, ouvir as entidades de classe, os planos de saúde odontológicos, e assim entrar em consenso para que a Odontologia seja cada vez mais respeitada”, aponta ela.

Patrícia ficou surpresa com o convite para assumir a função de Coordenadora-Geral de Saúde Bucal, mas se diz preparada para honrar a confiança depositada em seu trabalho. “Quero fazer uma gestão democrática, que atenda os mais carentes e valorize não só os cirurgiões-dentistas, como protéticos, técnicos e auxiliares. Acredito que valorizando os profissionais da área, prestamos um atendimento de qualidade à população”.

A cirurgiã-dentista fala por experiência, já que de 2012 a 2014 atuou como coordenadora de saúde bucal no estado do Amapá. “Foi uma experiência muito proveitosa. Na época, a Odontologia do estado estava desacreditada, mas conseguimos fazer parcerias que ajudaram a ampliar os atendimentos. Implantamos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) e atingimos a marca de mais de cinco mil atendimentos por mês”, recorda.

No Amapá, os Centros de Especialidades Odontológicas disponibilizam, entre os serviços, o de Odontopediatria, um dos pleitos do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP). “Sou a favor do atendimento da Odontopediatria nos CEOs, pois é importante a assistência plena nessa faixa etária”.

Sua nomeação mostrou a relevância da Odontologia, uma vez que nas últimas semanas, entidades de classe por todo o país demonstraram preocupação quanto a extinção do cargo.


Fonte: CROSP

DEIXE UMA RESPOSTA