Apolônias do Bem: mais pela saúde da mulher

saúde da mulher

Há quatro anos, o projeto Apolônias do Bem oferece tratamento odontológico integral e gratuito a pacientes que vivenciaram situações de violência em casa e tiveram a dentição afetada como decorrência das agressões, devolvendo a autoestima e a saúde da mulher.

O programa, criado pela ONG Turma do Bem, presta atendimento em todo o Brasil e os tratamentos são oferecidos por meio de uma rede de dentistas voluntários, que realizam todos os procedimentos, independentemente da complexidade apresentada.

Imagem: Turma do Bem
Imagem: Turma do Bem

A S.I.N. é uma das apoiadoras da iniciativa. Para a instituição, a parceria é de extrema importância por devolver a alegria a tantas “apolônias” – como são chamadas as beneficiárias do programa -, que sofreram hostilidades. “A S.I.N. se preocupa com a qualidade da saúde bucal dos brasileiros, portanto, é nosso desejo devolver o sorriso e a autoestima a essas mulheres”, destaca o CEO da empresa, Fernando Mazzarolo.

O projeto já garantiu atendimento a 600 mulheres de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. As beneficiárias são selecionadas por meio de triagens realizadas em casas de apoio e organizações sociais, quando passam por um rápido exame oral, não invasivo, e respondem ao OHIP (Perfil de Impacto de Saúde Oral, na sigla em inglês, uma ferramenta científica que mede o impacto da saúde bucal na qualidade de vida de uma pessoa). São priorizadas as mulheres com problemas odontológicos mais graves e OHIP mais alto, que sustentam a família e retomaram os estudos ou estão fazendo cursos de capacitação profissional.

Imagem: Turma do Bem
Imagem: Turma do Bem

De acordo com a Fundação Perseu Abramo, cinco mulheres sofrem violência a cada dois minutos no Brasil. É em casa que ocorrem 27,1% dos homicídios de mulheres. Entre as vítimas atendidas pelo SUS em 2014, 67,2% foram agredidas por um parente próximo, companheiro ou ex-companheiro, de acordo com o Mapa da Violência 2015 – Homicídio de Mulheres no Brasil.

Uma vez convocadas pelo programa, as apolônias recebem atendimento e são acompanhadas pelos funcionários da Turma do Bem até o término do tratamento.

Saúde da mulher: por que Apolônias do Bem?

O nome Apolônias do Bem é uma homenagem à personagem histórica Santa Apolônia, que viveu em Alexandria, no Egito, e morreu no ano 249, após ser presa, espancada e ter seus dentes quebrados e arrancados.

Com o programa, a Turma do Bem leva assistência odontológica para as apolônias de hoje, que também estampam a marca da violência em seus rostos.


Informações: Assessoria de Imprensa

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA