A conduta do dentista em relação ao uso da chupeta

Caros colegas, muitos pais nos perguntam se podem oferecer chupeta aos filhos pequenos e aos bebês com a finalidade de acalmá-los. Bem, devemos salientar aos pais que a chupeta oferecida para os bebês e as para crianças nos primeiros anos de vida não é pode ser considerada uma vilã, já que nessa época existe a necessidade de sucção, que na maioria das vezes é atendida com o aleitamento materno.

A recomendação da Associação Brasileira de Odontopediatria e do Ministério da Saúde é que o hábito seja removido até os três anos de idade. Porém, sabe-se que se eliminado até os dois anos, a chance de autocorreção das arcadas é maior.

A maloclusão instalada é facilmente detectável pelos pais ou responsáveis, já que, na maioria dos casos, a mordida aberta anterior é a mais comum. Os pais devem solicitar que a criança morda. Se os dentes anteriores não se tocarem, é bem provável que a criança já apresente tal alteração oclusal. É preciso que nós, odontopediatras, expliquemos isso a eles, manifestando as possíveis orientações.

O tratamento consiste primeiramente na remoção do hábito. Se não ocorrer a autocorreção após certo período, é necessária a utilização de aparelhos ortopédicos, que devem ser instalados assim que possível.  Como o resultado desses tipos de aparelhos depende da cooperação da criança quanto ao uso, devemos indicá-los de acordo com a maturidade da criança. Normalmente, a partir dos quatro anos, muitos já conseguem fazer o uso correto e de forma eficiente. Outro ponto importante nesta fase é a indicação de alimentos mais duros e consistentes, pois estimulam a mastigação e favorecem o crescimento ósseo.

É importante orientar os colegas cirurgiões-dentistas e também os pais sobre a importância da visita ao odontopediatra até o primeiro ano de vida da criança. Além disso, nós, os odontopediatras e cirurgiões-dentistas, precisamos reforçar que a chupeta não deve ser ofertada a qualquer momento. Os pais devem perceber a real necessidade do recurso, que só deve ser utilizado quando o aleitamento não foi suficiente para a necessidade de sucção da criança, por exemplo.

E, por favor, nunca recomendem as chupetas customizadas. Elas são muito bonitas, mas proibidas pelo Inmetro e altamente perigosas para a saúde dos pequenos.

Saudações acadêmicas.


sandra kalilSandra Kalil Bussadori
Cirurgiã-dentista. Especialista em Odontopediatria. Mestre em Odontologia (Materiais Dentários). Doutora em Ciências Odontológicas. Possui Pós-Doutorado em Pediatria.

COMPARTILHE

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA